clique{cultural}
Publicidade
Literatura

Conheça Edith Wharton, ela já venceu o Prêmio Pulitzer de Literatura e agora é o novo trabalho da Penalux

Publicado em 14 de junho de 2017 por

Ethan Frome, romance de Edith Wharton, ganhadora do Prêmio Pulitzer, recebe uma nova publicação através da editora Penalux.

Edith Wharton
Publicidade

Em 1911, Edith Wharton lançou o romance Ethan Frome. A obra que já foi tema de filme, é publicado mais uma vez, agora pela editora Penalux e com tradução de Chico Lopes. O livro conta a vida e tragédia do personagem que dá título à obra. Através de Wharton, os leitores se vêm de frente com uma história de amor repleta de desolação, expectativas, devaneios e frustrações.

Segundo Tonho França, editor da Penalux, Ethan nos leva para um passado onde vivia as turbulências de um triângulo amoroso. “A partir disso, somos transportados a uma época em que Ethan era um homem novo, que se dedicava com total comprometimento a fazenda e a cuidar da mãe.”

França ainda explica que a vontade do personagem principal é se libertar da sua situação. Casado com Zenobia, uma mulher doente, Ethan tenta se livrar da união. Tudo muda quando ele conhece Mattie Silver, prima de sua esposa que se junta ao casal para ajudar Zenobia que luta contra suas enfermidades.

– Ethan se encanta com esperança para o futuro que Mattie traz e começa a ter pensamentos de um recomeço com ela. Mattie por sua vez também se sente atraída por Ethan. Eles têm o desejo de estarem juntos, mesmo sem manifestarem isso inicialmente. Percebendo o envolvimento, a esposa, decide substituir Mattie por outra cuidadora – revela.

Através do medo da separação que Zenobia pode causar aos dois, eles idealizam a ideia de que é melhor morrerem juntos do que viverem separados. Porém, através de uma reviravolta do destino, os três personagens se vêm obrigados a olhar para outros lados.

Wilson Gorj, também editor, explica como o livro representa a tragédia do amor. Em tempos onde convenções sociais falavam mais alto, sonhos ficavam para trás. “Trata-se de um clássico. Muitos consideram este livro o melhor trabalho autoral da escritora.” ele conta.

Ethan Frome, Edith Wharton.

Edith Wharton,

Edith Wharton

Sobre Edith Wharton:

A autora nasceu em Nova Iorque no dia 24 de janeiro de 1862. Com apenas 23 anos, Wharton já escrevia ficção e colaborava para revistas e jornais da época.

Um dos seus títulos, A idade da inocência, rendeu para Edith, em 1921, o aclamado Prêmio Pulitzer. Ela se tornou então, a primeira mulher a recebe-lo.

Considerada por muitos como uma das melhores escritoras norte-americana, a autora faleceu em 11 de agosto de 1937.

Publicidade

Comentários (0)